Dois Caras Legais


Em 14 de julho de 2016
Durante o cafezinho do(a)

Estreia na próxima quinta-feira, dia 21 de julho, o filme Dois Caras Legais [The Nice Guys], do diretor Shane Black, e que conta com Ryan Gosling e Russell Crowe como protagonistas.

O filme se passa na Los Angeles dos anos 1970 e conta a história de dois detetives particulares que estão à procura de uma adolescente.

the nice guys 3

Logo nos primeiros minutos do filme acontece um acidente que causa a morte de Misty Mountains [Murielle Telio], uma atriz pornô famosa. Esse acontecimento é a porta de entrada para o desenvolver da história.

Jackson Healy [Russell Crowe] é um mensageiro e detetive particular que passa a vida intimidando pessoas e fazendo trabalhos sujos por dinheiro. Certo dia, Amelia [Margaret Qualley] o contrata para dar um jeito em Holland March [Ryan Gosling], que é um detetive que foi contratado para segui-la.

Amelia é filha de Judith Kuttner [Kim Basinger] que é funcionária do Departamento de Justiça do Estados Unidos, e a menina está participando de um filme pornográfico junto com seu namorado, Misty Mountains e alguns outros amigos e, depois do acidente com Misty, outros atores e produtores envolvidos no filme também acabam desaparecendo e morrendo.

Healy pede a ajuda de March quando Amelia some e a partir daí os dois passam a investigar juntos, sempre com a ajuda [não solicitada] de Holly March [Angourie Rice], filha de Holland.

Dois Caras Legais é um filme que deixa um pouco a desejar no quesito gênero, pois é difícil decifrar se o filme se trata de uma comédia ou um desses gêneros policiais, mas o filme não deixa de ser engraçado e traz muitas cenas de ação.

the nice guys

Russell Crowe tenta convencer como o detetive que não se importa com nada e que não mede esforços para conseguir executar o seu serviço. Ryan Gosling, entretanto, tem um papel mais descontraído, como pai solteiro e detetive que não leva seu trabalho muito a sério e, que não se importa de tirar dinheiro de senhorinhas.

O filme tem uma trilha sonora bem fiel à época em que se passa, contendo faixas como Boogie Wonderland e September [Earth Wind & Fire], Jive Talkin’ [Bee Gees], e The Girl From Ipanema [Tom Jobim e Vinícius de Moraes].

 

the nice guys 1

Dois Caras Legais é um filme bacana para assistir com os amigos, mas não é um dos favoritos do ano e nem do semestre, provavelmente ele será esquecido logo após sair dos cinemas [ou talvez um pouco antes].

the nice guys 4

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Ingresso Turbinado


Em 15 de Março de 2016
Durante o cafezinho do(a)

Esse ano realmente está favorável para os amantes dos Jogos e Heróis. Temos os lançamentos da DC e Marvel sem contar os filmes baseados em jogos, esse ano teremos o filme do Warcraft e do Assassin’s Creed, sem contar um reboot da série da sensual Lara Croft, só que dessa vez sem Angelina Jolie.

Assassins-Creed

Essa nova geração de Gammers se acostumou a ser mimado sempre que acaba comprando uma edição especial do jogo ou participando da pré-vendas do jogo, em geral esse mimo vem com uma DLC do jogo [uma arma diferente ou mesmo uma roupa para o avatar].

Pensando nisso a Ubisoft em parceria com e o site Kernel [americana] está vendendo kits com ingresso para o filme Assassin’s Creed que vem com uma Besta [em tamanho real] pelo valor de 1.200 Dólares [cerca de 4.000 reais], essa ação de marketing impulsionou o lucro da Ubisoft e a venda dos ingressos para o filme.

large

Além desse kit Premium a Ubisoft pensou em outras opções mais baratas:

Pacote de US$ 600 dólares: inclui o ingresso e uma estátua de 50 centímetros de Aguilar, personagem que protagoniza a história;

Pacote de US$ 120 dólares: inclui o ingresso e um moletom com capuz;

Pacote de US$ 60 dólares: inclui o ingresso e uma Hidden Blade funcional;

Pacote de US$ 25 dólares: inclui o ingresso e uma camiseta;

Pacote de US$ 15 dólares: inclui o ingresso, um relógio de colecionador e tatuagens temporárias.

Essa brincadeira pode estar um pouco longe da nossa realidade, mas ainda é um excelente mimo para os amantes da Franquia. Lembrando que o filme só chega no Brasil em Dezembro.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Fev a Jun de Cinema


Em 28 de Janeiro de 2016
Durante o cafezinho do(a)

Todo o ano a indústria do cinema se prepara para surpreender o público e tentar atrair mais pessoas para a tela grande, mesmo com a concorrência da pirataria e do serviço de Streaming o cinema em 2015 atraiu mais pessoas do que em 2014.

Escolhi alguns filmes que estou aguardando ansiosamente a estreia.

Não incluí O Regresso na Lista pois ele vai estrear na próxima semana.

 

Fevereiro

Boneco do Mal

THE BOY

Sinopse: Greta [Lauren Cohan] é uma jovem americana que aceita um trabalho como babá em uma pequena vila inglesa. Porém, o garoto de 8 anos de quem ela tem que cuidar é, na verdade, um boneco de quem o casal cuida como se fosse um menino de verdade, como uma forma de lidarem com a morte do filho, ocorrida 20 anos antes. Após violar uma lista de regras do garoto, uma série de eventos inexplicáveis transformam a vida dela em um pesadelo.

 

O Quarto de Jack

2qkphkm

Sinopse: Uma história moderna sobre o amor sem limites entre mãe e filho. O pequeno Jack [Jacob Tremblay], de cinco anos, não conhece nada do mundo, exceto o quarto em que nasceu e cresceu acompanhado apenas por Ma [a excelente Brie Larson].

 

Boa Noite Mãe

2015-07-23_Ki_1_0.33033800_1435576968

Sinopse: Uma família vive em uma residência isolada em meio a árvores e plantações de milho. Após dias afastada por conta de cirurgias plásticas, a mãe [Susanne Wuest] volta para casa e não é reconhecida pelos filhos gêmeos. As crianças, de nove anos, duvidam que a mulher de rosto coberto seja realmente sua mãe e a partir de então nada será como antes.

 

Pressagio de um Crime

pressagiosdecrimetop

Sinopse: Um detetive do FBI está à caça de um perigoso serial killer, que vive fazendo jogos com suas vítimas. Para capturá-lo ele busca a ajuda de um médico aposentado, Dr. John Clancy [Anthony Hopkins], especialista em jogos do tipo, mas que se afastou do trabalho após a morte traumática de sua filha. Porém, Clancy muda de ideia ao conhecer a cética parceira de Joe, a agente especial Katherine Cowles [Abbie Cornish], e ter visões pertubadoras com ela.

 

Março

Floresta Maldita

(L to R) Yukiyoshi Ozawa as Michi, Taylor Kinney as Aiden and Natalie Dormer as Sara Price in Jason Zada’s THE FOREST, a Gramercy Pictures release. Credit : James Dittiger / Gramercy Pictures

Sinopse: Sara tem uma irmã gêmea e está preocupada com o seu desaparecimento misterioso. O maior receio dela é que a irmã tenha ido para a floresta de Aokigahara, no Japão, mais conhecida como a floresta dos suicidas. Apesar de todos a alertarem para não ir, ela entra na floresta, repleta de horrores inexplicáveis, determinada a descobrir a verdade sobre o destino de sua irmã.

 

A Bruxa

the-witch

Sinopse: Nova Inglaterra, década de 1630. William e Katherine levam uma vida cristã com suas cinco crianças, morando á beira de um deserto intransitável. Quando o filho recém nascido dela desaparece e colheita falha, a família se transforma em outra. Por trás de seus piores medos, um mal sobrenatural se esconde no bosque ao lado.

 

La French

la-french-dujardin

Sinopse: Transferido para Marselha, o magistrado Pierre Michel [Jean Dujardin] logo descobre que seu maior desafio será desmembrar uma articulada quadrilha de traficantes de heroína que domina a cidade. Acabar com a French Connection torna-se sua obsessão e Michel dedica anos de sua vida – e um bocado de sua sanidade – à missão, acompanhando de perto os passos de Gartan Zampa [Gilles Lellouche], inalcançável chefe do bando.

 

Junho

Invocação do Mal 2

maxresdefault

Sinopse: Sete anos após os eventos de Invocação do Mal [2013], Lorraine [Vera Farmiga] e Ed Warren [Patrick Wilson] desembarcam na Inglaterra para ajudar uma família atormentada por uma manifestação poltergeist na filha. A trama é baseada no caso Enfield Poltergeist, registrado no final da década de 1970

 

O Próximo post sobre cinema será focado nos filmes de Heróis e em 2016 teremos muitas novidades do mundo dos quadrinhos.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Quatro filmes para conhecer Ricardo Darín


Em 19 de Janeiro de 2016
Durante o cafezinho do(a)

O Turma do Café, voltou meio atrasado, mas o que importa é voltar, nosso primeiro post é para comemorar o aniversário de 59 anos do ator Argentino Ricardo Darín. Como a maioria dos atores argentinos ele começou sua carreira no teatro, e aos poucos foi galgando o caminho para o estrelato.

Mesmo depois do seu sucesso no cinema e depois de ganhar vários prêmios, a escola teatral ainda é muito importante para ele, por isso ainda divide o tempo de sua carreira com os palcos.

Escolhemos quatro filmes para entender e celebrar a carreira do ator Argentino:

Tese Sobre um Homicídio

Sinopse: Roberto Bermudez [Ricardo Darín] é um especialista em Direito Criminal que ministra um curso bastante reconhecido. Uma nova turma está prestes a iniciar as aulas e entre os alunos está Gonzalo [Alberto Ammann], filho de um velho conhecido do professor. Gonzalo trata Roberto como um verdadeiro ídolo, o que incomoda o mestre. Já com as aulas em pleno andamento, um brutal assassinato ocorre perto da universidade. Roberto logo demonstra interesse no caso e, ao investigar os detalhes, passa a crer que Gonzalo seja o autor do crime e esteja desafiando-o a um jogo de inteligência

20476567.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

 

Abutres [2010]

Sinopse: Sosa [Ricardo Darín] é um “urubu”, um advogado especializado em acidentes rodoviários. Todos os dias ele vai aos locais de acidente, aos setores de emergência dos hospitais e às delegacias procurando clientes. Seu trabalho é lidar com as testemunhas, policiais, juízes e companhias de seguro. Mas o que seus clientes não sabem é que a agência para a qual trabalha está envolvida em esquemas de corrupção e desvio de dinheiro. Quando se apaixona pela jovem paramédica Luján [Martina Gusman], Sosa decide se aposentar do trabalho sujo e viver ao lado dela. Mas seu passado não o deixará tão facilmente.

9492185_dhDCj

Aura [2005] O meu favorito

Sinopse: Esteban Espinosa [Ricardo Darín] é um taxidermista e um homem tímido, que passa os dias isolado em sua oficina. Por trás das aparências Espinosa tem um grande sonho de poder: planeja praticar o crime perfeito. Ele decide fazer sua primeira viagem às florestas da Patagônia com o objetivo de caçar. Acidentalmente, Espinosa mata um bandido e descobre um esquema milionário de assalto a um carro-forte. Ele resolve então levar o plano adiante por si mesmo, mas para isso precisa antes superar um mal que lhe acomete: a epilepsia.

el-aura

 

Kamchatka [2003]

Sinopse: Harry [Matías Del Pozo] é um menino de 10 anos que tem uma vida normal para qualquer criança de sua idade na década de 70. Porém, sua vida muda completamente quando seus pais começam a ser perseguidos pela ditadura argentina. Para escapar dos militares, Harry e sua família são obrigados a largar todos os seus bens e fugir para uma fazenda no interior.

Kamchatka-Foto0

Voltamos essa semana como mais café….

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Tarantino no Brasil


Em 25 de novembro de 2015
Durante o cafezinho do(a)

hateful-eight-slide-750x380

Na segunda-feira [dia 23 de novembro] fomos convidados a assistir em exclusividade o novo filme de Tarantino: Os Oito odiados. Depois da exibição do filme, fomos convidados para a coletiva de Imprensa com Tarantino e uma das estrelas deste novo filme Tim Roth.

Tim Roth foi pouco “acionado” na coletiva, todos os olhos estavam voltados para Tarantino, ele nos contou sobre sua obsessão em manter a qualidade de seus filmes, e confirma que existe uma pressão muito grande sempre que aparece um burburinho sobre um próximo trabalho:

“Eu não tenho nada que me distraia. Não tenho mulher, filhos, só tenho meus filmes. Eu não faço filmes para pagar minha hipoteca, tenho muita sorte em relação a isso, então é só o meu propósito artístico. E eu quero manter meu padrão alto, a expectativa alta. Eu ficaria muito desapontado se as pessoas achassem que não mantive o meu nível num filme”.

Podemos acreditar que esses fatores fizeram o diretor pensar um pouco sobre sua carreira, e por isso teremos apenas mais dois filmes do Tarantino:

“Eu vou parar de fazer filmes depois de dez, então por isso estou contando [Os 8 Odiados] . Eu não faço isso em todos, seria pretensioso demais, e eu sou só um pouco pretensioso”

Tarantino também prega uma universalidade em seu trabalho, por mais que seja americano, e faça filmes que resgatem um passado [Western] americano, seus filmes fazem mais sucesso fora de seu mercado:

“Eu posso ser um cineasta americano, mas não faço filmes para os Estados Unidos”; “Meus filmes se saíram bastante bem nos Estados Unidos, mas um pouco melhor no exterior” “Apesar de serem em inglês e lidarem com assuntos americanos, não são filmes americanos em si. São para todo o mundo”.

Por vezes na coletiva o diretor foi lembrado da situação dos negros dos Estados Unidos, e Django foi um Western sobre isso, e mostrar o lado dos negros dentro de um gênero que sempre escondeu essa etnia:

“A maneira com que estou lidando com a raça nos Estados Unidos, especialmente a negra, que é basicamente ignorada nos ‘westerns’, ou inclusive com a escravidão, o depois da Guerra Civil. Sinto que tenho algo que dizer”

E mesmo com seu segundo filme de Western, o diretor nãos e considera um Diretor especialista do Gênero, mas um homem quem aprendeu com os diversos filmes:

“Para ser um diretor de Western precisamos fazer muito mais do que dois filmes” “No meio desta caminhada eu aprendi bastante sobre lutas Marciais [Kill Bill], filmar com cavalos [Django], filmar perseguições de carro [Death Proof], sempre um novo aprendizado”

Tim Roth destacou como foi trabalhar com Tarantino ao longo dos anos e suas difenças:

“Hoje sinto que o Tarantino está mais no controle da coisa, percebo o seu olhar enquanto está filmando, aquele olhar que deixa tudo especial”

Bem diferente de Cães de Aluguel [1992] primeiro filme de Tarantino como diretor, onde ele dava alguns toques sobre o enquadramento da câmera e como uma tomada ruim poderia destruir seu filme.

a9bfda658e413afe5734b8a189e2371a

E claro, Tarantino foi perguntado sobre trabalhar com Spike Lee:

“Só me restam dois filmes, e não vou perdê-los trabalhando com o merda do Spike Lee. O dia que trabalhar com ele será o dia mais feliz da vida desse pequeno merda”

Para fechar o diretor destacou sua própria evolução:

“Desde Kill Bill houve uma evolução para o teatral e o literário nos roteiros, sobretudo nos diálogos” E com excesso de preciosismo ele complementou: “não são para todo o mundo, tem que ter uma voz concreta e senso de humor”.

Por essas e outras ele continua a trabalhar com as mesmas estrelas, ressaltando o valor de Tim Roth e manifestou desejo em trabalhar com Kate Winslet, atriz que ele acredita ser uma das melhores no momento.

Detalhes sobre o filme, só em Dezembro quando o filme será lançado nos Estados Unidos, por aqui ele será lançando nas Férias de Janeiro [ainda sem data oficial].

3

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Tarantino e os Oito Odiados


Em 21 de setembro de 2015
Durante o cafezinho do(a)

Em Janeiro de 2016 estreia o mais novo filme do Quentin Tarantino, depois de filmar Jango e pegando gosto pelo velho oeste o diretor apresenta Os oito odiados.

O Filme se passa alguns anos após a guerra civil americana. Onde oito estranhos se encontram em uma nevasca e percebem que tem muito mais em comum do que o destino da viagem. Para o filme Tarantino escolheu algumas figurinhas já carimbadas de outras produções do Diretor, entre eles Samuel L. Jackson e Kurt Russell

Estou um pouco ansioso para esse novo filme, mas espero que ele seja um pouco diferente de Jango, um filme que tem um enredo bem construído, mas que perde seu fôlego do meio para o final, e que final ruim [nunca vou me esquecer do cavalo que dança].

Como o filme é focado nos oito personagens, foi lançado um cartaz para cada personagem, veja a arte de cada um.

8

7

5

6

4

3

Assim que tivermos mais notícias sobre o filme, falaremos mais por aqui.

Malditovivant volta…

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

Sobrenatural – A Origem


Em 3 de agosto de 2015
Durante o cafezinho do(a)

Retorna ao cinema a franquia, Sobrenatural, agora com o foco em Elise, a personagem carismática vivida por Lin Shaye. Por conta de todo o seu sucesso, agora teremos acesso ao seu passado, em especial a sua relação com a Noiva de Preto [que tem sua história contada no segundo filme].

1284075665517297957

O filme volta a alguns anos antes do reencontro de Elise e a família Lambert. E temos a jovem Quinn, uma garota que perdeu sua mãe e tenta a todo custo entrar em contato com ela. Por meio de uma amiga ela conhece Elise, mas essa se recusa a entrar em contato com mãe morta de Quinn, depois de tanta insistência Elise, rompe seu voto de silêncio e tenta o contato com a mãe de Quinn, mas foi tudo em vão.

Antes de Quinn partir, Elise a adverte: Entrar em contato com o mundo dos mortos é perigoso, podemos atrair coisas boas e ruins. Depois disso a vida de Quinn vira um inferno, pois o lado ruim começa a atormentar a sua vida.

INSIDIOUS 3

INSIDIOUS 3

Este novo episódio da franquia tem a direção de Leigh Whannell. Diferentemente dos outros dois que tem a frente o talentoso James Wan. Talvez o peso de continuar a franquia, tenha dificultado na execução da história que parece ficar no meio do caminho entre um filme espirita e um terror mediano.

No primeiro filme, James Wan, inovou ao mostrar o assunto de maneira leve e trabalhar muito mais com maquiagem do que com CGI e efeitos especiais. O segundo episódio, se torna um pouco mais fraco que o primeiro, mas a qualidade da fotografia é a tensão torna o filme imperdível.

Essa terceira parte, acaba errando em tudo. O que seria um filme para solucionar mistérios do passado de Elise, ao final você fica com mais perguntas do que resposta.

Mas mesmo com o baixo padrão do filme, ele ainda consegue arrancar alguns sustos de quem assiste. Ainda mais no cinema onde a imersão é bem maior. Mas sem querer entregar um pouco do filme o melhor fica para o final.

Assista o filme e nos conte o que achou.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

OLDBOY [2013]


Em 22 de Janeiro de 2015
Durante o cafezinho do(a)

oldboy-movie-poster-2013-1020769011

O final de semana está chegando e nem sempre a Tv a cabo guarda boas opções para o sábado a noite, recentemente fui até a locadora mais próxima e me deparei com OLDBOY [Versão 2013]. Como já havia assistido a tempos atrás a versão original me vi tentado a ver a nova versão, que não chegou aos nossos cinemas e foi direto para as locadoras e em breve na sua tv a cabo.

O filme tem a direção de Spike Lee, que ficou famoso no final dos anos 80 e inicio dos anos 90 com dois filmes: Malcolm X e Faça a coisa certa. O diretor sempre coloca em destaque a luta racial. Eu não sou um apreciador do trabalho de Spike Lee, acho que só trabalhar com a mesma crítica empobrece a qualidade do trabalho do diretor e o torna bem previsível.

Spike Lee tenta a todo custo criar uma boa versão do filme Coreano [rodado em 2003], mas acaba pecando em vários momentos, fazendo desta nova versão apenas uma boa diversão para uma tarde chuvosa.

O filme tem os mesmo elementos do original: Joe Ducett [um dos meus atores favoritos Josh Brollin] é um calhorda, não respeita seus colegas de trabalho, não respeita os seus amigos e muito menos sua família.

Apesar da sagacidade nos negócios Joe acaba estragando as coisas com sua maneira de agir. Ao andar bêbado pela cidade adormece na calçada e acorda no dia seguinte em um quarto de hotel, onde fica preso durante 20 anos.

sds

Como forma de tortura, seu cárcere [desconhecido] mostra a filha de Joe em um programa de televisão e o sentimento que ela tem sobre seu pai, que de uma hora para a outra desapareceu. Mas tudo muda, quando Joe acorda do lado de fora, com uma missão, ele tem quatro dias para descobrir quem o prendeu e por quê?

Se você viu o filme original vai me perguntar: e a famosa cena do martelo, ficou boa?

Não, ela não ficou boa. Nesta nova versão os inimigos aparecem alinhados esperando o golpe, diferente da versão original, onde temos o “CAOS e o MARTELO”.

oldboy-2013

Além de Josh Brolin o filme ainda conta com a bela Elizabeth Olsen que se destaca por algumas cenas pequenas. E Samuel L. Jackson, que faz uma versão pimp do Nick Fury.

oldboy_33258

Mesmo com tantas críticas ao filme, você pode não notar nada disso se não conhece a versão original. O filme consegue realizar o seu objetivo, que é entreter.

Então se não viu o Original, veja o remake de OLDBOY.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

7 Cenas de Café no Cinema


Em 14 de Janeiro de 2015
Durante o cafezinho do(a)

Café e cinema, cinema e café… O café sempre tem uma ponta nos filmes, então separamos algumas cenas interessantes onde ele aparece. Aproveitem!

 

1 – Thor

2 – Todo Poderoso

 

3 – Spider Man 2

 

4 – Pulp Fiction

 

5 – 1984

 

Do You Like Me?
1984— MOVIECLIPS.com

 

6 – Patch Adams

 

He At Least Listened
Patch Adams— MOVIECLIPS.com

 

7 – Homens de Preto

 

The Worm Guys
Men in Black— MOVIECLIPS.com

 

E uma cena extra, Faltou ainda a grande cena do filme dos Simpsons, após a colocação da cúpula, onde a cafeteira quebra, e o Barney enlouquece gritando “acabou o café!!”.

Esquecemos de alguma cena? Comente a sua cena favorita!

Envie seu Comentário  Leia os Comentários 

No Limite do Amanhã!


Em 2 de dezembro de 2014
Durante o cafezinho do(a)

Esperei chegar às locadoras o último filme do astro Tom Cruise, apesar dos seus últimos trabalhos não terem empolgado ninguém, aprecio a carreira do ator, mesmo que ao passar do tempo ele não tenha se reinventado tanto quanto a profissão demanda, e por vezes ele pareça um clichê ambulante.

tom-cruise-em-trailer-de-no-limite-do-amanha-de-doug-liman-1386789133507_956x500

Mas posso arriscar em dizer que No Limite do Amanhã, seja seu melhor trabalho nos últimos três anos [nesse tempo ele fez cinco filmes]. O filme é baseado em All You Need is Kill, um mangá de Hiroshi Sakurazaka, não posso dizer que seria uma adaptação, mas apenas uma inspiração livre, muitas coisas estão presentes, como o loop temporal, mas a fisionomia do inimigo mudou bastante [lembrando um pouco Matrix].

Na direção temos Doug Liman, conhecido mais pelo seu trabalho de produtor do que como diretor [Jumper seu trabalho mais conhecido]. Para este trabalho, Liman buscou referencias em um dos maiores diretores do seu tempo Paul Varhoeven. Usando a mesma lógica e Robocop e Guerras Estelares, onde a guerra consegue atrair cada vez mais pessoas com sua propaganda.

no-limite-do-amanha04-79512

No filme temos Cruise como Cage, um publicitário que acaba sendo colocado como desertor depois de desacatar uma ordem de um superior. E se vê obrigado a ir para o combate contra uma raça de alienígenas que tenta dizimar a vida na terra, Cage, não entende nada de guerras, ele é um burocrata e se vê jogado na Praia [Uma referencia clara ao dia D].

Por sorte, Cage acaba matando um inimigo e entrando em Simbiose com ele. Assim, toda vez que Cage morre o tempo é resetado, voltado para o dia inicial, mas sem que Cage perca as lembranças do ocorrido. Como ninguém acredita que ele sabe tudo o que vai acontecer, Cage procura a maior propaganda dessa guerra, a soldado Rita “aka badass” [interpretada pela bela Emily Blunt]. Ela também passou por uma experiência parecida e treina Cage para avançar cada vez mais no tempo da batalha.

Emily-Blunt-No-LImite-do-Amanhã-700x357

Por conta do loop temporal, as cenas se tornam repetitivas, ai temos o trunfo da escolha de Tom Cruise para o papel principal, ele consegue dar um tom de humor ao mesmo tempo em que mostra a evolução física do personagem.

O diretor poderia ter feito uma escolha errada ao retratar essa volta no tempo, mas ao escolher recortes diferentes e mudanças de ângulo para uma mesma história. Tirou o filme do marasmo, algo que acontece com o filme Contra o tempo do diretor Ducan Jones.

edge-tomorrow2-wili-coyote2

Se você gosta de um bom filme de ação ou ao menos do Tom Cruise, Alugue No Limite do Amanhã e não se arrependa.

Envie seu Comentário  Leia os Comentários